You are hereBlogs / PP5KR_'s blog / Sendo Competitivo em Contestes

Sendo Competitivo em Contestes


PorPP5KR_ - Enviado em 04 August 2008

(Autor Luciano, PY8AZT - Publicado na QTC Magazine No 11)

Escrevi este artigo pensado nos small pistols que, como eu, buscam melhorar seu desempenho em contestes nacionais e internacionais, usando nossas modestas estações, e ter um fim de semana receado de muita diversão no rádio.

As competições radioamadorísticas, ou contestes, são momentos muito especiais para os radioamadores. Durante os contestes, operadores do mundo inteiro se reúnem para superar recordes, ultrapassar limites. Mas nem todos são big guns, como são chamadas as estações de milhares de dólares e exímios operadores que disputam as primeiras colocações. Muita diversão e aprendizado estão reservados para os small pistols, estações modestas, como as nossas estações do dia-a-dia, mas que podem muito bem melhorar seu desempenho em contestes aprendendo os segredos e estratégias do big guns.

A questão é: como ser competitivo, maximizar sua pontuação sem ter que investir milhares de dólares em equipamentos e antenas? Esta pergunta me veio à cabeça quando decidi participar do meu primeiro Single Operator All Band Low Power CQWW CW. Passo a relatar minha experiência no 2001 CQWW CW Contest, ocorrido em 24/25 de Novembro, onde contei com um pouco dos segredos dos big guns para maximizar meu desempenho no conteste.

Estou longe de ser um contester, mas vou me atrever em dar algumas dicas de como ser competitivo, mesmo como um small pistol. Uma forma de obter melhores resultados nos contestes é ver como os big guns trabalham.

A primeira coisa a aprender é que o concurso começa muito antes do fim-de-semana marcado. De fato, podemos dividir em três etapas: antes, durante e depois do conteste.

Antes do conteste

Obtenha o máximo de Informação. Nas semanas que antecedem o conteste a primeira coisa a fazer é conseguir o máximo de informação sobre o conteste. Obtenha as regras do conteste. Destaque nas regras a categoria que você pretende participar, as informações que devem ser trocadas nos QSOs e como é computada pontuação final. Estas informações influenciarão na estratégia que você vai desenvolver para maximizar seu score final. Seu score final será a multiplicação dos pontos de cada QSO e número de multiplicadores trabalhados. Mentalize o quanto tempo você deve investir em um multiplicador, ou em um QSO de três pontos. Calcule quantos multiplicadores você precisa para ser competitivo.

Torne-se familiar com o conteste. Estude os resultados do conteste nos dois ou três anos anteriores. Saiba quais paises raros que estavam operando, e se prepare para reconhece-los rapidamente. Por exemplo, o time de HC8N, a turma da PT0F são estações que estarão no ar e você deve trabalha-los. Descubra os segredos de cada conteste. Saiba onde os JA e os VK operam nas bandas baixas. Tudo isso quer dizer estude, estude e estude tudo relacionado ao conteste.

Conheça sua estação. Saiba como suas antenas estão funcionando. Cheque a direção da sua antena. Faça novas antenas e experimente-as. Saiba onde você esta tendo perdas. Lembre-se que você vai precisar de cada db para maximizar seu score. Descubra o ganho frontal e a relação frente-costa real das suas antenas. Melhore suas antenas para as bandas baixas. Verifique o ângulo de irradiação das suas antenas. Quando maior esse ângulo, mais difícil serão os contatos. Identifique possíveis fontes de ruídos em casa ou na vizinhança. Faca tudo para melhorar suas condições de recepção. Experimente antenas de fio. Elas são baratas e, em muitos casos, o suficiente para ter bons resultados.

Seja um Expert em seu Rádio. Leia novamente o manual do seu radio, se é que você já leu alguma vez. Descubra para que serve cada botão. Pratique fazer split e treine memorizar freqüências rapidamente. Você pode memorizar 4 ou 5 multiplicadores e chame-os a qualquer tempo. Se o conteste for em fonia, deixe o seu áudio o mais estridente possível, sem perder a inteligibilidade. Use um voice keyer (darei uma dica sobre isso depois). Descubra os limites do seu DSP. Neste CQWW, desesperado por fazer mais multiplicadores em 40m, descobri como escutar aquelas estações mais fracas em 40m. Eu desliguei o AGC, reduzi o ganho de RF e ajustei o DSP para 20Hz de abertura; e pude ouvir claramente estações que estavam dentro do ruído antes. Descubra os melhores ajustes para sua estação.

Conheça a Propagação. Fazer uma previsão da propagação vai determinar a banda que esta aberta e para onde. Descubra o comportamento da propagação para sua região. Estas informações ajudam saber quando e onde apontar sua antena durante a competição. Uma ferramenta importante é o software de previsão de propagação. Eu utilizei o W6ELProp [1] , por ser robusto, simples e de fácil operação (e ainda por cima grátis). Para fazer a previsão você precisará do Solar Index (Fluxo Solar) e do K-index (Índice K) para visualizar condições de propagação entre dois pontos, no período de 24h. Na figura 01, está o mapa MUF (Freqüência Máxima Utilizável) entre Belém e Estados Unidos, utilizando um Fluxo Solar=184 e Índice K=3. Claro que as condições podem mudar, mas você deve usar os valores mais prováveis para as 48h do conteste. O programa ainda tem muitas outras opções que você podem auxilia-lo na decisão de qual banda você deve operar e quando. Faça pelo menos um mapa para cada continente e estude-os.

Saiba quando os 20m vai fechar e quando os 40m vai abrir. Se você for operar em 80m e 160m, fique de olho na grayline, o momento de pôr e nascer do sol para as regiões de seu interesse. Aberturas especiais de propagação podem ocorrem nestes minutos. Se possível, mantenha um receptor em 10m para saber checar quando a banda abre.

No meu caso, eu preparei todos os mapas usando as informações de previsão do site http://hfradio.org/propagation.html . Mas para o meu azar, houve uma tempestade solar às 05:00Z do Sábado. O Índice K chegou a 9 (que varia de 0 a 9) e como eu não estava checando o Índice K durante o conteste, minha previsão ficou meio furada. Se eu soubesse teria abandonado as bandas altas (10/15m) mais cedo.

Utilize um programa para o log. Não dá para ser competitivo fazendo seu log no papel. Você precisará de um programa que fará o trabalho pesado por você. O mercado está cheio de programas para log. Segundo uma pesquisa do site www.hfraio.oprg os mais usados são o CT (K1EA), TR (N6TR), o WriteLog e, em quarto lugar, o N1MM Logger (Tom Wagner, N1MM). Como estes artigo é direcionado aos small pistols, vou concentrar-me no N1MM Logger – Isto de maneira nenhuma desqualifica os demais softwares para contestes. O N1MM não requer muito investimento, uma vez que é gratuito, e é bastante intuitivo. Quando eu digo intuitivo, tenho minhas razões. Eu baixei o N1MM Logger, do site http://groups.yahoo.com/group/N1MMLogger na hora do conteste, como vocês verão mais a frente e não tive problemas em adaptar-me. Você pode ver as principais janelas do programa na figura 02. Não vou explicar como usá-lo, mas vou apontar as ferramentas que realmente me ajudaram no conteste. A primeira foi a janela de Check. Nesta janela, quando se digita qualquer parte de um indicativo, ele mostra os possíveis indicativos completos. Esta ferramenta utiliza uma base de dados de estações ativas em contestes e expedições com mais 34.000 indicativos disponíveis. Isto é possível graças ao arquivo que contém os indicativos mais ativos em contestes. Para ilustrar, digitei PY8 e aparecem as estações PY8 mais ativas: PY8MD, PY8JA, PY8EA e PY8AZT. A janela Available mostra rapidamente as bandas que já trabalhei os PYs. Na figura 02 mostra que PY é multiplicador em 160 e 80m para mim. Posso visualizar até dois mapas de banda de cada vez (janelas Manual). Nestes mapas eu tenho uma visualização da banda com as estações que eu quero trabalhar. Como o programa já dispõe de uma interface com o packet, os spots aparecem no mapa de banda automaticamente quando você está conectado com o DXCluster. Os spots aparecem com indicativo seguido da direção (Azimutal) para antena e NEW indicando que é um multiplicador para aquela banda. Na figura 2 ilustrei os mapas de banda para 20m e 15m. Na janela Info, eu tinha informações do DXCC das estações que eu trabalhava, meu desempenho com o Rate da banda, nos últimos 10 minutos e na última hora. Assim, a qualquer momento eu poderia verificar o andamento na banda e como eu estava me saindo na peleja. Fiquei animado com meu rate de 150 QSO/h no sábado a tarde em 15m.

O log do conteste pode ser exportado em dois formatos úteis. O primeiro é o ADIF o qual é lido pela maioria dos logbooks existentes; o outro é o cabrillo. Este formato é largamente aceito pelos organizadores de contestes, pois contém todas as informações necessárias para checagem dos logs.

Enfim, o N1MM Logger é realmente uma ferramenta robusta que merece ser esmiuçada, mas nem tudo são flores. Durante o conteste o programa fechou sozinho, e tive que reiniciar a máquina para roda-lo novamente. Ainda não sei o que aconteceu. Pode ser coisa da Lei de Murphy: tudo que parece perfeito, falha quando você mais precisa.

Últimos dias antes do conteste. Estes últimos dias você deve procurar dormir o máximo que puder. Se possível, vai dormir uma hora mais cedo que o normal e fique na cama mais uma hora do que a de costume. Beba bastante água durante toda a semana. Procure estar em boa forma física. Faça caminhada ao ar livre e dedique algum tempo á família (para não ser cobrado no fim-de-semana hi hi hi). Relaxe. No dia do conteste, é difícil controlar a ansiedade, mas procure dormir um pouco nas horas anteriores ao conteste. Ou pelo menos não vá para a estação. Lembre-se você vai passar as próximas 48h lá dentro. Vamos agora para o grande dia!

Últimos Preparativos. Verifique a hora do computador, a mantenha o mais preciso possível. Configure o programa de log. Grave as memórias do Voice Keyer ou CW Memory Keyer (isso é feito no próprio programa de log). Imprima os comandos teclas básicas do programa. Leia novamente as regras do concurso. Gere os últimos mapas de propagação. Simule 5 QSOs no programa, e depois os apague. Imprimas a lista de estações que anunciaram presença no conteste. Dê uma última olhada nas antenas, cabos e conexões. Calibre e o rotor com uma bússola. Teste a estação em todas as bandas, elimine qualquer RF no Shack. Prepare sua programação de mudança de banda e o tempo de descanso. Reveja os resultados dos últimos contestes, tire o telefone da tomada, alimente o gato, e se deseje sorte!

Durante o Conteste

Um conteste de 48h tem 48h! Se você chegou até aqui neste artigo é por que realmente está interessado em participar seriamente de um conteste. Então, trabalhe as 48h do conteste! Se você não pode participar as 48h, tudo bem, mas não lamente seu score. Aprendi uma coisa com o WS1A, Hummel “a única grande arma que uma small pistol tem é a persistência”. Claro que ficar 48h no ar não é para todo mundo. Mas fique o máximo que você puder. Eu fiz 1307 contatos, uma média de 27 QSO/h. O PY2NDX fez 2944, uma média de 61 QSO/h. Os big guns mudam de banda quando o rate está abaixo de 60 QSO/h. Lembre-se que os bons resultados só vêm com o tempo, mas como bem disse o PY5EG, Atilano “sinto ter que informá-lo que estou há 38 anos fazendo contestes e em cada um chego a conclusão que teria que melhorar muito, mas muuuuuiiiiittttooooo mesmo”.

Não sofra durante o conteste. Essa dica é injusta. Mas vamos pensar em estarmos confortáveis durante conteste. Tome quantos banhos forem necessários para se livrar do cansaço. Claro que passar 48h no ar não é para todo mundo. O ideal é identificar seu próprio ciclo de sono, pesquisadores do sono revelam que temos um ciclo de 90min. Então, podemos planejar parar em intervalos múltiplos de 90min. Isso pode funcionar, mas em geral uma soneca de duas horas, na altura das 30h de conteste pode ajudar bastante a chegar no fim inteiro. A manhã de domingo, antes da abertura para a Europa, é um bom momento para tomar um banho, fazer a barba e tirar uma soneca. Coma em intervalos regulares de 8 horas. Pode ser nos mesmos horários habituais. Mas evite comida pesada e dê preferência para frutas como maçã e pêra e carboidratos (por exemplo, sanduíches de queijo). Uma dica que eu encontrei foi evitar leite! É, os apresentadores de telejornais não tomam leite, pois dificultam falar. O café um bom aliado, mas deixe como último recurso para manter-se acordado – use apenas nas últimas 15 horas do conteste. Longo período sem dormir, a base de cafeína provoca falta de concentração e alucinações. Eu não fiz uma parada até uma estação telegrafar alguma coisa a pelo menos 15 ppm, e não tive a menor idéia do que se tratava. Quando eu pedi para repetir a terceira vez, ele transmitiu: HI HI TU, e foi embora. Realmente era hora de dar uma parada. Tomei um banho e dormir uns 40mim. Voltei refeito e pronto para cruzar a linha de chegada.

Onde 1 db faz a diferença. Eu já falei que você deve saber exatamente para onde sua potência esta indo. Claro, você já é um small pistol não torne as coisas mais difíceis! Mas aquele db de perda no conector, ou na antena mal instalada. Você tem um aterramento para RF, não é? Então, faça um e veja a diferença na sua recepção. Para ser competitivo você tem que ser escutado, mas precisa ESCUTAR também. Ganhar um conteste requer que tarde da noite, após infindáveis CQs, você possa tirar um sinal muito fraco de dentro do ruído e fazer o contato. Depois que você passar pela frustração de saber que tem alguém ali e você não fez o contato por que não pôde identificar a estação, aposto que no dia seguinte estará pensando como melhorar suas antenas.

Fazendo CQ. Seus CQs devem ser curtos e rápidos, mas sem perder a clareza. O Voice Keyer, presente na maioria dos softwares para contestes, inclusive no N1MM Logger, permitem uma padronização nos CQs. Não demore muito sem chamar na banda, marque presença. Em CW é fundamental usar a opção full break-in do rádio. Assim, você não vai “atropelar” quem responder ao seu CQ. Em fonia ajuste o VOX para não disparar acidentalmente, ou use um foot switch para ter maior controle do PTT. Você não vai querer perder um multiplicador por que quando ele chamou você não ouviu, não é?

Procurar & Trabalhar (S&P). Você pode ficar parado fazendo CQs – isso ajuda na pontuação, mas vai precisar literalmente “correr atrás” dos multiplicadores. Fazer S&P é o grande diferencial em um conteste. No S&P não fique passeando de um lado para o outro na banda. Comece no inicio (ou do final) e vê até o fim (ou até início). Aqui o mapa de banda, disponível no N1MM Logger, é uma mão da roda. Identifique todas as estações que você ainda não trabalhou. Trabalhe as mais fáceis primeiro, e não perca tempo em pile ups. Trabalhe os big guns – não deixe os peixes grandes escaparem. Um passo-a-passo para S&P é: sintonize, identifique e chame. Se não responder de primeira, aperte o botão A=B do VFO e siga a diante até a próxima estação, volte para o outro VFO e chame novamente. Mantenha sempre os VFOs sintonizados em estações que você ainda não trabalhou. Caso haja um pile up, chame três vezes, se não conseguir o contato, memorize a freqüência no rádio e siga a diante. Depois que correr toda banda, volte para os pile ups memorizados e tente novamente. Não há uma receita para furar pile ups, mas pegar o tempo do operador ajuda bastante. Seja o primeiro ou o ultimo a chamar, ou chame na borda do pile up, use suas armas. Quando encontrar uma freqüência livre, pare e chame CQ por 1 ou 2 minutos, se alguém responder, fique mais alguns minutos e volte a correr a banda. O sua taxa de QSO/h vai ser mais baixa, mas você vai descobrir a quantidade de figurinhas presentes na banda. Figurinhas que você estava precisando, não só como multiplicadores, mas como new ones para o DXCC.

Depois do Conteste

0000Z do último dia. Finalmente chegou o fim do conteste – Eu não sei quanto a vocês, mas nesta hora começo a pensar no próximo! Já fico com saudades das bandas completamente lotadas. É hora de descansar. Se você participou como convidado em outra estação ou um clube. Não saia dirigindo antes de tirar uma boa soneca. Descanse bastante e não pense em corrigir nada agora. Nos dias seguintes olhe com calma seu log, veja se você não fez nenhuma besteira, como alguém que bebe de demais de depois vai ver o estrago. A primeira coisa a fazer é exportar seu log. Atualmente, o cabrillo é o formato mais aceito. Este formato contém todas as informações necessárias para checarem seu log. A maioria dos programas de contestes exporta neste formato – O N1MM Logger também. O arquivo deve ter o nome seu_indicativo.log e deve ser enviado para ssb@cqww.com ou cw@cqww.com de acordo com a modalidade que você participou.

Hora da autocrítica. Claro que cometemos falhas durante o conteste. São estas falhas que deve observar para corrigirmos. Seu score refletiu estas falhas, tente corrigi-las antes do próximo conteste. E assuma uma meta: ter uma colocação melhor que a do ano anterior.

Ganhar um conteste é divertido, mas competir também é! O melhor é saber que você fez parte de um dos maiores conteste do mundo, não se detenha no pensamento que sua estação é pequena ou simples demais. O que seriam dos big guns sem os small pistols? Para se divertir em um conteste, descubra como os outros estão de divertindo e como eles fazem isso. Se você não entrar em um conteste por que ano vai ganhar, você esta sendo injusto com você mesmo. Procure se divertir e aprender nos contestes. Afinal, tudo é divertido quando envolve o radioamadorismo!

Meus resultados não foram espetaculares, mas eu me diverti muito! Se eu não tivesse entrado no conteste por que não ia ganhar, eu não teria me divertido, não teria participado da festa, nem teria trabalhado novos países como XT (Burquina Faso), HZ (Arábia Saudita), HS (Tailândia) e 4W6 (Timor Leste). Esse era o objetivo principal aprender e me divertir. Não vejo a hora do próximo!

Fonte: http://www.qsl.net/py8azt/artigos.htm

Obrigado por compartilhar esses informações conosco amigo. Foi de grande valia para mim.

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
CAPTCHA
A questão a seguir é para validar se você é um ser humano ou um computador.
Image CAPTCHA
Digite o que está escrito na imagem acima.

. .

ATENÇÃO: O conteúdo dos blogs é de inteira responsabilidade de seus autores e pode não expressar a opinião e posição do Rio DX Group.

Pesquisar

Navegação

Tags para este blog

    Blog sem tags

    Quem está online

    No momento há 1 usuário e 93 visitantes online.

    Novos usuários do site

    • PU7ASG
    • PY2ALC
    • PY9GC
    • py4vg
    • PY4DY

    Divulgar

    Conteúdo sindicalizado